MSRCD092 – luciano zanatta – todas as canções de que ela gostava

MSRCD092 - luciano zanatta - todas as canções de que ela gostava

MSRCD092 – luciano zanatta – todas as canções de que ela gostava”

luciano zanatta – todas as canções de que ela gostava
MSRCD 092
RELEASE: 05/06/2018
MANSARDA RECORDS – https://mansardarecords.wordpress.com
mansardarecords[]gmail.com

icone_mansarda BAIXE O CATÁLOGO DA MANSARDA RECORDS AQUI

icone_mansardaDOWNLOAD THE MANSARDA RECORDS CATALOGUE HERE

1 todas as canções de que ela gostava
2 as canções (não é ficção)
3 as ruas hoje amanheceram manchadas de sangue coagulado
4 um oásis, um deserto, um sertão, ou algo que seja verde
5 não há cidades nem textos sem fantasmas
6 nos arredores da universidade caminhando em busca de vida encontrou mais farmácias do que livrarias
7 esta história aconteceu ontem

ficha técnica
luciano zanatta: sintetizadores, pedais, saxofone, sequenciadores, bateria eletrônica,
sampler guitarra e processamento (mais produção, gravação, mixagem e masterização)
diego silveira: xilofone (faixa 3)
todas as composições são de luciano zanatta, a faixa 3 em parceria com diego silveira
os títulos das músicas são trechos de contos do livro “ares condicionados” de demério panarotto, menos o da faixa 1
a faixa 7 foi lançada anteriormente com o título “guitambura” no va – operation test (plataforma 134) da plataforma records
realizado entre 2011 e 2016

lançado em 2018 por Mansarda Records – https://mansardarecords.wordpress.com/
vídeos: https://youtu.be/lWeI-ibSnOs

capa: carolina zanatta (desenhos) e luciano zanatta
luciano zanatta faz parte da medula – coletivo de criação sonora

soundcloud.com/lucianozanatta
youtube.com/channel/UCr70Dml7QtSXZCJobfvjacA
instagram.com/save_draft_betamaxer
facebook.com/medulasonora

todas as canções de que ela gostava é sobre memória. ou melhor, sobre não-memória; no caso, sobre esquecer, sobre o que se esquece. é sobre todas as ideias que se tem quando já é tarde demais. sobre o que não se disse quando era possível e que agora já não é mais o caso.
foi com essa ideia em mente que fui juntando cacos de performances, gravações de rascunhos do que poderia vir a ser uma coisa mas que restou irrecuperável porque confiei em registros precários (ou não me importei com registros confiáveis, o que não é a mesma coisa mas não é o assunto dessa breve descrição)
num certo momento surgiu o nome, como um mote que juntava essa coleção de desajustes. mais tarde, lendo o livro do demétrio (ares condicionados), identifiquei uma série de imagens que associei ao tema subjacente do disco. escolhi algumas frases dos contos para servirem de título às músicas e pedi a ele que escrevesse um novo conto, ouvindo as músicas e tendo apenas a frase-mote como referência*.
na última etapa, fiz os sons se acompanharem de imagens, numa série de vídeos que capturam banalidades cotidianas e tentam extrair delas a expressividade de um momento daqueles que, mais adiante, a gente nem sabe porque lembrou.
*depois do conto pronto, contei ao demétrio, propositalmente tarde demais, que eu pensara em morte, ele escreveu sobre separação. tambem não é a mesma coisa mas às vezes é como se fosse.

“todas as canções de que ela gostava” (all the songs she used to like) is about memory. or rather, about non-memory; in this case, about forgetting, about what you forget. it’s about all the ideas one has when it’s too late. about what was not said when it was possible and which isn’t the case anymore.
it was with this idea in mind that I started collecting shards of performances, draft recordings of what could become one thing but remained unrecoverable because I relied on precarious records (or I didn’t care about reliable records, which is not the same thing but isn’t the subject of this brief description)
at one point the name appeared, as a mote that added together this collection of mismatches. Later, reading the book by demétrio panarotto (ares condicionados), I identified a series of images that I associated with the underlying theme of the disc. I chose some phrases from the short stories to be the title of the songs and asked him to write a new one, listening to the songs and having only the phrase mote as a reference*.
in the last stage, I made the sounds be accompanied by images, in a series of videos that capture daily banalities and try to extract from them the expressiveness of a moment of those that, later on, we do not even know why we remember.
* After the short story was ready, I told demétrio, purposely too late, that I had thought about death, he wrote about separation. Isn’t also the same thing, but sometimes it feels like it is.

Anúncios

MSRCD090 – Honorável Harakiri – Lenho

MSRCD090

MSRCD090 – Honorável Harakiri – Lenho

Honorável Harakiri – Lenho
MSRCD 090
RELEASE: 02/04/2018
MANSARDA RECORDShttps://mansardarecords.wordpress.com
mansardarecords[at]gmail.com

icone_mansarda BAIXE O CATÁLOGO DA MANSARDA RECORDS AQUI

icone_mansardaDOWNLOAD THE MANSARDA RECORDS CATALOGUE HERE

Diego Dias – Sopros/Winds
Marcio Moraes – Guitarra/Electric Guitar
Michel Munhoz – Bateria/Drums

Cover/Capa: Michel Munhoz
Mastering: Diego Dias

Gravação/Recording: 10/03/2016. Musitek Estúdio, Porto Alegre, RS, Brasil.

This was considered a “lost” album by Honorável Harakiri. Our recordings were always done under much less than ideal conditions, but this one had many other problems, considering that there was even a rock band sounding in the contiguous room. When we first listened to it, we were more disheartened that, also, the reeds went very offmike during some parts… so we agreed we would not release it.
But time passed and we decided to listen to it again. The files were deep buried in some old hard disk, but we managed to find it. We did what we could and what knew with the raw files, and now we present some forty minutes of the dense energy of HONORÁVEL HARAKIRI.
This is the last volume of the trilogy started with HONORÁVEL HARAKIRI (2013, MSRCD038), followed by OS SURDOS HERDARÃO A TERRA (2013, MSRCD041).
This album also marks MANSARDA RECORDS’ 90th release, on the day of its 6th anniversary.
Thanks!

Este é um álbum do Honorável Harakiri considerado como perdido. Nossas gravações sempre foram feitas em condições muito abaixo das ideais, mas esta tinha ainda muitos outros problemas, considerando que havia inclusive uma banda de rock tocando na sala ao lado. Quando da primeira audição, ficamos ainda mais desolados ao notar que os sopros estavam distantes do microfone durante algumas partes… então decidimos que não lançaríamos.
Mas o tempo passou e decidimos ouvir de novo. Os arquivos estavam profundamente enterrados em um velho disco rígido, mas conseguimos localizá-los. Fizemos o que pudemos e o que sabíamos com os arquivos brutos, e agora apresentamos uns quarenta minutos da densa energia do HONORÁVEL HARAKIRI
Este é o último volume da trilogia iniciada com HONORÁVEL HARAKIRI (2013, MSRCD038), seguida de OS SURDOS HERDARÃO A TERRA (2013, MSRCD041).
Este álbum também marca o nonagésimo lançamento da MANSARDA RECORDS, no dia de seu sexto aniversário.
Obrigado!

Faixas/Tracks:
1 – Entalhe
2 – Farpa
3 – Tora
4 – Toco
5 – Sarrafo
6 – Ripa
7 – Lenha

MSRCD087-88 – V. A. – Corpórea – Música para Guitarra

MSRCD087-88 - V. A. - Corpórea – Música para Guitarra

MSRCD087-88 – V. A. – Corpórea – Música para Guitarra

V. A. – Corpórea – Música para Guitarra

MSRCD 087-88

RELEASE: 07/12/2017

MANSARDA RECORDShttps://mansardarecords.wordpress.com

mansardarecords[]gmail.com

icone_mansarda BAIXE O CATÁLOGO DA MANSARDA RECORDS AQUI

icone_mansardaDOWNLOAD THE MANSARDA RECORDS CATALOGUE HERE

*Alguns títulos das composições não puderam ser exibidos corretamente devido a restrições de nomeação de arquivo. Consulte o encarte para obter informações completas.
Some titles of the compositions could not be displayed correctly due to archive naming restrictions. See booklet for complete info.

Capa/Cover: Julio Chollet

DISCO 1
01 – Adriana PK – J Minor
02 – CarbonKid87 – Ansiedade
03 – Igor Dornelles – Sobre o Mórbido
04 – Luiz Galvão – pфt
05 – Abneg – Diante
06 – EGOno – Mãos e Pés (Polvo)
07 – Zazá – Liberdade
08 – George Christian – Avram in Memoriam
09 – Glauber K. de Souza – Robopop
10 – Nachtvor Baelzeburst – Three Lamentations of The Organic Finitude

DISCO 2
11 – Camila Alexandrini – Ainda há tempo
12 – Al Sand – Compondo com o Inessencial
13 – luciano zanatta – tarja_treta
14 – Guilherme Darisbo – Ouidah
15 – Leandro de los Santos – Fugi da Sessão de Biodança
16 – Magnum Borini – FUKOFFE!
17 – Miguel Heidel – 5 YEARS GONE (pode fazer o que tu quiser!)
18 – Thiago Salas – Montagem #2
19 – dpsmkr – água
20 – Paulo Hartmann Dense Music – 280916-1_3

MSRCD078 – Dias/Munhoz/Dornelles – Balanceamento

MSRCD078 - Dias/Munhoz/Dornelles - Balanceamento

MSRCD078 – Dias/Munhoz/Dornelles – Balanceamento

Dias/Munhoz/Dornelles- Balanceamento
MSRCD 078
RELEASE: 09/06/2017
MANSARDA RECORDShttps://mansardarecords.wordpress.com
mansardarecords[at]gmail.com

Diego Dias – Sopros/Reeds
Michel Munhoz – Percussão/Percussion
Igor Dornelles – Guitarra Elétrica – Electric Guitar

Capa/Cover: Michel Munhoz
Gravação/Recording: 04/03/17 Estúdio Floyd Explica, Porto Alegre, Brazil, by Diego Dias on a ZOOM H5N recorder.
Mastering: Diego Dias

 

Faixas/Tracks
1 – Sorgo
2 – Traste
3 – Drupa
4 – Drible
5 – Trena

Uma hora de acerto de microfones, três horas de gravação.
Toda música produzida na sessão foi lançada.
Este é o Volume 3, final.
O Volume 1 é intitulado RETÍFICA – MSRCD074
O Volume 2 e intitulado GEOMETRIA (Duo Munhoz/Dornelles) – MSRCD076

One hour setting up Microphones, three hours recording.
All of the music made in the session has been released.
This is Volume 3, final.
Volume 1 is entitled RETÍFICA – MSRCD074
Volume 2 is entitled GEOMETRIA (Duo Munhoz/Dornelles) – MSRCD076

MSRCD076 – Michel Munhoz & Igor Dornelles – Geometria

MSRCD076 - Michel Munhoz & Igor Dornelles - Geometria

MSRCD076 – Michel Munhoz & Igor Dornelles – Geometria

Michel Munhoz & Igor Dornelles – Geometria
MSRCD 076
RELEASE: 03/05/2017
MANSARDA RECORDShttps://mansardarecords.wordpress.com
mansardarecords[at]gmail.com

Michel Munhoz – Percussão/Percussion
Igor Dornelles – Guitarra Elétrica – Electric Guitar

Capa/Cover: Michel Munhoz
Gravação/Recording: 04/03/17 Estúdio Floyd Explica, Porto Alegre, Brazil, by Diego Dias on a ZOOM H5N recorder.
Mastering: Diego Dias
Faixas/Tracks
1 – Carpo
2 – Dano
3 – Friso
4 – Soldo

Uma hora de acerto de microfones, três horas de gravação.
Toda música produzida na sessão será lançada.
Este é o Volume 2.
O Volume 1 foi lançado sob o títutlo de “Retífica” (MSRCD 074) e tem Diego Dias nos sopros.
One hour setting up microphones, three hours recording.
All of the music made in the session will be released.
This is Volume 2.
Volume 1 was released under the Title “Retífica” (MSRCD 074) and has Diego Dias on reeds.

MSRCD069 – Máquina Overlock – Obsolescência Programada

MSRCD069 - Máquina Overlock - Obsolescência Programada

MSRCD069 – Máquina Overlock – Obsolescência Programada

Máquina Overlock – Obsolescência Programada
MSRCD 069
RELEASE: 15/12/2015
MANSARDA RECORDShttps://mansardarecords.wordpress.com
mansardarecords[at]gmail.com

Diego Dias – Sopros, Percussão, Pedais/Reeds, Percussion, Pedals
Igor Dornelles – Guitarra, Pedais/ Electric Guitar, Pedals
Israel Savaris – Baixo, Pedais/Bass, Pedals
Michel Munhoz – Percussão, Pedais /Percussion, Pedals

Capa/Cover: Diego Dias
Masterização/Mastering: Diego Dias
Estúdio Musitek. 12/12/2015, Porto Alegre, Brasil.

Faixas/Tracks
1- Obsolescência
2- Programada

MSRCD067 – Máquina Overlock – Costura

MSRCD067 - Máquina Overclock - Costura

MSRCD067 – Máquina Overclock – Costura

 

Máquina Overlock – Costura
MSRCD 067
RELEASE: 15/05/2015
MANSARDA RECORDShttps://mansardarecords.wordpress.com
mansardarecords@gmail.com

Diego Dias – Sopros, Percussão, Pedais/Reeds, Percussion, Pedals
Igor Dornelles – Guitarra, Pedais/ Electric Guitar, Pedals
Israel Savaris – Baixo, Pedais/Bass, Pedals
Michel Munhoz – Percussão, Pedais /Percussion, Pedals

Capa/Cover: Diego Dias & Michel Munhoz
Masterização/Mastering: Diego Dias
Estúdio Musitek. 02/05/2015, Porto Alegre, Brasil.

Faixas/Tracks
1- Costura I
2- Costura II